Acusado de estupro de vulnerável, padre pede renúncia em carta ao Vaticano

Padre atraía coroinhas com doces para cometer abusos sexuais
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O padre Delson Zacarias dos Santos, de 47 anos, acusado de abuso sexual e estupro de vulnerável, enviará ao Vaticano, junto com o processo, uma carta requerendo o fim do cargo de sacerdote no Distrito Federal. A Arquidiocese de Brasília já o havia afastado das funções religiosas quando o caso veio à tona.

A decisão de renúncia é prevista no Código do Direito Canônico. A informação foi divulgada pelo portal brasiliense Metrópoles.

Segundo o relato de uma das vítimas, que tinha entre 14 e 15 anos na época dos assédios, o padre pedia nudes e oferecia “doce de banana” para atrair coroinhas e cometer abusos. Atualmente, ele tem 31 anos e é funcionário.

Ele contou que o assédio costumava a acontecer em um grupo chamado “Cerimoniários”, cujos participantes, todos meninos escolhidos pelo padre, tinham idades até 18 anos.

Na ocasião, o jovem revelou aos pais o que estava acontecendo e eles afastaram o adolescente da igreja.

Crédito: Reprodução/Redes sociaisPadre atraía coroinhas com doces para cometer abusos sexuais

As informações sobre o caso são sigilosas por envolver menores de idade.

Catraca Livre

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.