Bombeiros garantem segurança de banhistas em retomada do turismo em AL

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Graças ao avanço da vacinação contra a Covid-19 e o sucesso das medidas sanitárias adotadas pelo Governo de Alagoas, o número de banhistas, alagoanos e turistas, tem crescido nos principais balneários do estado. O Corpo de Bombeiros Militar (CBM) está acompanhando de perto essa tendência, especialmente agora com a proximidade do verão no final do ano.

Os Bombeiros contam com o apoio do Programa Força Tarefa (FT), em que guarda-vidas voluntários recebem um valor extra para trabalhar em dias que estariam de folga. Com o FT foram abertos novos postos que atendem diariamente, de domingo a domingo, possibilitando a ampliação do alcance da corporação.

Por conta desse reforço, entre janeiro e setembro de 2021, foram contabilizados 250 salvamentos, número que já supera o total de salvamentos realizados em 2020, quando os guarda-vidas atuaram 241 vezes, de acordo com dados do Grupamento de Salvamento Aquático (GSA).

Em contraposição, o número de mortes por afogamento diminuiu 32% em todo o estado. Segundo dados do Instituto Médico Legal, 70 óbitos foram registrados entre janeiro e setembro deste ano, contra 103 no mesmo período do ano passado. Contudo, a maior parte destes afogamentos se dá em açudes, poços, cisternas, piscinas e demais locais onde não há a supervisão de guarda-vidas.

Para o tenente coronel Aluysio Vanderley dos Santos, comandante do GSA, apesar do aumento do número de banhistas, o CBM está apto para atender ao público que visita as praias do Estado.

“Com a pandemia, as pessoas passaram muito tempo ‘presas’ em casa, o que percebemos é que quando melhora um pouco (decreto fica mais flexível) as pessoas correm para a praia. Como a tendência é estar tudo liberado até o final do ano, então as praias deverão estar lotadas no próximo verão e o CBM está preparado com efetivo e equipamentos necessários para atender essa demanda”, disse o oficial.

Prevenção

Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, somente este ano, foram realizadas mais de 40 mil ações preventivas.

“Para cada salvamento realizado, temos centenas de prevenções que são feitas anteriormente. E esse é o principal trabalho do guarda-vidas, a prevenção”, disse o coronel se referindo às orientações sobre locais seguros para tomar banho; alocação de placas fixas e móveis; rondas com veículos e a pé; monitoramento e abordagem em caso de comportamentos arriscados de banhistas; e distribuição de pulseirinhas de identificação para crianças.

Além disso, o Corpo de Bombeiros, com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento e Turismo (Sedetur), instalou dezenas de placas fixas com diversas orientações aos banhistas que apontam, desde a identificação dos perigos daquela praia, a melhor forma de proceder em caso de afogamento.

Sobre esse último ponto, o coronel Aluysio ressaltou que pessoas que não estejam preparadas, não devem tentar realizar o salvamento, por conta do risco de também acabar se afogando.

Para o Secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, as Forças de Segurança estão preparadas para dar proteção em todos os níveis nessa fase de retomada do turismo.

“O trabalho eficiente do Corpo de Bombeiros, com a Força Tarefa e as ações de prevenção, tem salvado muitas vidas. E temos trabalhado também na conscientização, para que as pessoas não pensem que a pandemia é coisa do passado e para que Maceió e Alagoas possam retomar essa mola propulsora que é o turismo, que gera tantos empregos”, disse o secretário.

Alan Fagner / Assessoria / CBM-AL

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.