Rafael Ilha contesta versão de morte de Gugu: “Eu sei o que aconteceu”

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O ex-Polegar Rafael Ilha levantou suspeitas sobre a verdadeira causa da morte de Gugu Liberato. Ilha afirmou que sabe o que de fato ocorreu, e garantiu que não foi um acidente em sua casa nos Estados Unidos. Em 2019, a assessoria de imprensa do apresentador comunicou que o artista havia sofrido uma queda quando fazia um reparo no ar-condicionado do sótão de sua casa, em Orlando.

Ao canal Inteligência Ltda., no YouTube, Ilha afirmou que sente muita falta de Gugu. Ele deu detalhes sobre como ficou sabendo da morte do apresentador. “Sinto muita falta dele. [A morte] Foi uma coisa que ninguém esperava. Eu estava gravando o Troca de Família quando aconteceu [a notícia da morte] e não acreditei. Não acredito até hoje. Sinceramente. Eu estava lavando a louça na hora e escutei o William Bonner falar no Jornal Nacional”, relembrou.

“Eu já estava acompanhando há dois dias o negócio da queda e não acredito. Sei o que aconteceu. Sei o que realmente aconteceu, e não foi isso. Não foi isso que aconteceu. Tomara que um dia as pessoas possam ter oportunidade de saber o que realmente aconteceu. Mas não foi isso”, reiterou.

Ilha afirmou que Gugu não tinha o hábito de cuidar de detalhes domésticos e, por isso, ele não acredita na versão de que o apresentador caiu ao consertar algo sozinho. “Quando o Gugu ia chegar e falar: ‘Vou trocar essa lâmpada?’. Não faz [sentido]. Ele nunca fez isso. Ele não sabe trocar uma lâmpada. Isso não aconteceu. Eu sei o que aconteceu”, reiterou.

“Não sei por que deram essa versão. Acho que poderiam ter contado a verdade. Só acho isso. Foi uma fatalidade de qualquer forma. Eu não acho justo. Fui lá no velório dele, me despedi e falei com a família. Deixa para lá. Ele está em um bom lugar agora. Está olhando lá de cima, e é isso que importa. Saudade vai ficar mesmo”, contou.

Metrópoles

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.