Vereador Dani da Elba protocola três requerimentos na primeira sessão ordinária da Câmara Municipal

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Garantindo seguir à risca a sua missão de vereador – fiscalizando o Poder Executivo e apresentando Projetos –, Dani da Elba (PP) apresentou três requerimentos na primeira sessão ordinária do ano legislativo da Câmara Municipal, realizada na última quinta-feira (18).

O primeiro foi sobre a melhoria no atendimento precário nos terminais de autoatendimento da agência da Caixa Econômica Federal em Maragogi, que, segundo ele, dificulta a vida de quem depende desses serviços.

“É fundamental que os responsáveis procurem soluções viáveis para solucionar esse tipo de problema”, disse o vereador. “São muitas queixas e reclamações dos moradores e turistas que visitam nossa cidade, quanto à inoperância, depreciação e insuficiência de recursos para usos dos caixas eletrônicos.”

O segundo foi sobre os “péssimos serviços” prestados pela CASAL. Para Dani, “é importante que a Companhia honre seus compromissos. Uma cidade turística como a nossa não pode mais sofrer com a falta de água e com esgotos a céu a aberto, que diminuem a qualidade de vida da população.”

No requerimento, o vereador solicita, ainda, um estudo técnico para verificar a possibilidade de construção de uma nova adutora, tendo em vista a necessidade constante no fornecimento de água no município, atendendo, assim, a justa e necessária reivindicação da população e seus clientes, evitando os antigos problemas.

”O terceiro, e não menos importante, foi sobre o nosso turismo rural. Mostrei ao prefeito um projeto para expandir o nosso turismo. Hoje temos apenas um tipo de turismo que é bem explorado em nosso município, que são nossas belas praias e piscinas naturais. Mas é preciso que exploremos também o turismo rural, que ainda é pouco difundido. Temos cachoeiras, bicas, trilhas ecológicas e casas de farinha que ainda são muito pouco visitados por turistas. É preciso que façamos uma política pública eficaz que permita e incentive a exploração dessa nova modalidade de turismo, gerando assim mais emprego e renda para o nosso povo, principalmente quem mora nos assentamentos”, informou Dani.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.