Betty Gofman sem filtros. Atriz faz desabafo sobre envelhecimento

“Difícil envelhecer? Muito! Mas gosto de me reconhecer”, disse a atriz
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A atriz Betty Gofman, aos 57 anos, fez um desabafo em suas redes sobre juventude e envelhecimento. Ela publicou duas fotos com seu retrato, “sem filtro, sem botox, sem preenchimento” e um longo texto sobre seu próprio processo de envelhecer.

“Difícil envelhecer? Muito. Dolorido? Muito. Mas gosto de me olhar no espelho e me reconhecer nele. Mesmo mais velha, com rugas, a pele mais flácida, cabelos brancos”, disse.

A atriz ganhou notoriedade especialmente na televisão por seus trabalhos em novelas e séries, mas também com diversos trabalhos no teatro e no cinema. Ela é vencedora de um Prêmio Shell, o maior do teatro nacional, por sua atuação em “O Burguês Ridículo”, de Guel Arraes e João Falcão. No cinema, ela também já conquistou o prêmio de melhor atriz coadjuvante no Miami Brazilian Film Festival, por “Até que Vida Nos Separa”, de José Zaragoza.

No último sábado (30), ela fez uma crítica sobre a necessidade de parte da juventude que veem a necessidade “de fazer parte de um padrão de beleza” que ela aponta ainda como “mega esquisito”, “de gosto muito duvidoso” e “falta de amor próprio”. “Outro dia encontrei uma atriz com quem trabalhei, era linda e talentosa, demorei uns minutos pra reconhecer a moça, saber quem era”.

A crítica foi aceita por seus seguidores. “Esse texto, afiado feito um bisturi mas que suaviza a pele e ameniza a vida”, escreveu Linn da Quebrada. “Muitas negociações. Mas que sejam por nós e não pela indústria da estética estática”.

Mídia Ninja

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.