Hospital Regional do Norte realiza primeira cirurgia de vasectomia

Procedimento é feito em homens que não desejam ser pais
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Hospital Regional do Norte (HRN), em Porto Calvo, realizou sua primeira cirurgia de vasectomia, nesta terça-feira (14). O procedimento dura cerca de 20 minutos e é recomendado para homens que não desejam ser pais.

O médico urologista, Mauro Barros, explica que a cirurgia consiste no corte dos canais deferentes que conduzem os espermatozóides dos testículos até o pênis. Desta forma, os espermatozóides não são liberados durante a ejaculação e, por isso, o óvulo não pode ser fecundado, evitando a gravidez.

“O procedimento é simples e pode ser feito com anestesia local. O paciente recebe alta após o procedimento, que costuma ser mais simples do que a laqueadura tubária. Para realizar a vasectomia é necessário seguir a legislação, paciente ter acima de 21 anos com dois filhos, ou acima de 25 anos, e, se for casado, a parceira tem que assinar um termo de consentimento e autenticar em cartório,

“É necessário, ainda, esperar o prazo de 60 dias após a expressão do desejo em realizar a vasectomia para realização do procedimento. Nesse período, o paciente passa por uma consulta com uma junta de psicólogos e assistentes sociais para ver se ele realmente vai aceitar fazer o procedimento.”, explicou o urologista.

A vasectomia, assim como a laqueadura das trompas, é um dos procedimentos cirúrgicos que pode ser feito gratuitamente através do Sistema Único de Saúde (SUS). No entanto, é preciso preencher os requisitos mínimos citados pelo médico.

O paciente que passou pelo procedimento no HRN foi liberado logo após a cirurgia e já está se recuperando em sua residência. “Deu tudo certo. Eu não sinto dor alguma. O que eu tive, quando acordei, foi uma dificuldade para urinar, o que é normal, porém, já consegui e está tudo tranquilo”, relatou.

Ascom Sesau

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.