Após ser resgatada em favela do Rio de Janeiro, alagoana sonha em retornar às passarelas

Eloisa hoje vive com os pais em Piranhas no interior de Alagoas
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Eloisa Fontes de 26 anos, alagoana  da cidade de Piranhas saiu de casa aos 17 anos rumo a São Paulo em busca do sonho de se tornar modelo. Lá em pouco tempo conheceu  um supermodelo russo e foi viver com ele em Londres, o que fez com que sua carreira alavancasse, brilhando cada vez mais nas passarelas internacionais trabalhando com estilistas de renome.

Apesar de ter tudo para dar certo, a relação com o marido com o qual Eloisa tem uma filha de 7 anos chegou ao fim.De lá para cá sua vida tomou rumos obscuros. A modelo entrou em uma batalha judicial com o ex marido pela guarda de sua filha e a perdeu, o que fez com que a modelo entrasse no mundo das drogas perdendo não só sua carreira como também se afastando de maneira definitiva de sua filha.

Em 2019, a jovem já havia sido encontrada vagando nas proximidades de Nova York após cinco dias desaparecida. A modelo chegou ao Rio em Janeiro de 2020, depois de uma temporada de 11 meses de altos e baixos na cidade dos EUA. Eloisa estava recém-contratada pela Marilyn Agency, ela teve um surto em junho de 2019, quando desapareceu por cinco dias. Foi encontrada desorientada numa cidade a 30 minutos de Manhattan. Depois disso, a carreira internacional foi abalada.

Em outubro de 2020, a modelo foi resgatada por agentes da Operação Ipanema que fica presente dentro do Morro do Cantagalo, em Copacabana, na Zona Sul do Rio após moradores da comunidade pedirem ajuda pois a modelo estava sendo ameaçada de morte por traficantes do local. Nesse período, a alagoana, foi internada por 22 dias no Instituto municipal Phillippe Pinel, em Botafogo, recebeu alta e retornou com a mãe, Luciene Fontes, para sua cidade natal, Piranhas, no interior de Alagoas. Depois de passar por uma avaliação com um psiquiatra do projeto Anjos da Paz, que é coordenado pela Secretaria de Estado de Prevenção à Violência de AL, a jovem resolveu recusar uma nova internação e se recuperar em casa.

Em entrevista ao “Domingo Espetacular”  da Record TV, Eloisa conta sua história e mostra como está se recuperando após tantas dificuldades. Hoje ela vive com a mãe em um sítio e diz que sonha em voltar às passarelas para melhor sua vida e de sua família, que estão passando por muitas dificuldades financeiras.

Sobre sua filha, a modelo prefere não dizer muito e somente comenta que a menina está sob guarda de uma família britânica após o ex marido perder a guarda da criança por determinação judicial.

Jornal de Alagoas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.