Choque entre caminhão e poste deixa ruas de Maragogi sem energia por horas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O caminhão-baú que se chocou com um poste no centro de Maragogi, no Litoral Norte de Alagoas, por volta das 9h dessa terça-feira (23), deixou parte da cidade sem energia elétrica durante todo o dia. O poste da colisão fica localizado ao lado de um supermercado no centro da cidade.

Profissionais da empresa Equatorial relataram que fios de alta tensão caíram no chão imediatamente, devido à intensidade da colisão, e foram retirados prontamente. A equipe esclareceu também que o poste ficou barrado por causa da força do choque com o caminhão, e com isso toda sua parte traseira foi danificada, sendo necessário substituí-lo por outro.

Testemunhas informaram que o impacto do acidente provocou uma explosão e foco de incêndio nas fiações, mas nada de grave aconteceu. O motorista iria fazer uma manobra após descarregar produtos no mercado, quando se chocou com o poste.

Com a colisão, ruas de Maragogi ficaram sem energia das 9h até aproximadamente às 23h50 dessa terça. As ruas afetadas foram: Luiz Holanda Cavalcante, conhecida como Rua dos Correios; Praça Maridite Acioly, chamada popularmente de Rua da Feira; e metade da Avenida Senador Rui Palmeira, orla marítima da cidade.

Comerciantes, empresários e donos de empreendimentos turísticos ficaram revoltados com a demora com que a Equatorial solucionou o problema. A empresa, no entanto, ressaltou que o longo tempo se deu em razão de uma companhia de internet ter impedido que eles cortassem os fios da rede durante a tarde. “Seria primordial cortar os fios para fazer a troca do poste, mas essa proibição atrapalhou nosso serviço”, disse um funcionário.

A troca dos postes começou a ser feita de fato por volta das 18h, com o auxílio do equipamento de guincho, e a substituição ocorreu durante o resto da noite. A energia elétrica foi reajustada aproximadamente às 23h50.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.