Ludmilla expõe que sofreu racismo de Thiago Gagliasso: “Macaca”

Apesar de não citar nomes, internautas logo identificaram que se tratava do deputado estadual pelo Rio de Janeiro
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Ludmilla revelou que sofreu racismo de Thiago Gagliasso. Sem citar o nome do ex-ator, hoje deputado estadual pelo Rio de Janeiro, a cantora mencionou um político que votou contra a entrega da Medalha Tiradentes para a artista. A justificativa foi a música Verdinha, que faz alusão à maconha.

“Ele é racista, sim! A gente estava na casa de uma das pessoas mais famosas desse país, e eu estava acompanhada de um cara. Ele chegou nesse cara e simplesmente disse: ‘Pô, tanta mina gata aqui nessa festa, e você tá com essa macaca!?”, relatou Ludmilla por meio dos stories do Instagram.

A agressão deu início a uma discussão, e outros convidados tentaram amenizar a situação. “Eu estava sozinha, só com esse cara. Fomos embora do evento. Fiquei muito mal. Foi um dos piores racismos que já sofri na minha vida. Quem é mulher preta sabe do que eu tô falando.”

“Nunca esqueci aquela situação daquele dia”, comentou a cantora, que contou ter encontrado o agressor em outra ocasião, quando ele tentou cumprimentá-la. “Eu falei: ‘Não fala comigo, porque você é racista e eu tenho nojo de você. Se eu pudesse, eu dava na tua cara'”, relembrou.

Rapidamente, os internautas identificaram que a artista falava de Thiago Gagliasso, irmão de Bruno Gagliasso. Mais cedo nesta quinta-feira (23), ele publicou um vídeo discursando contra a entrega da Medalha Tiradentes a Ludmilla.

Na Telinha

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.